Resolvi dar uma parada nos post’s sobre as perguntas e também deixar para depois um especial sobre o Retiro de Crianças, o qual foi muuuuuito abençoado :D, mas senti um dedo me apontando para o texto de Efésios 5:15-17:Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor.”

É interessante ver o pessoal falando sobre a Vontade de Deus ou a Vontade Divina, mas primeiro quero deixar claro que tudo o que acontece nesse mundo tem a Permissão de Deus, mas nem tudo é da vontade dEle. Em Isaías 45:22 temos muito claro o que eu quero dizer com isso: “Voltem-se para mim e sejam salvos, todos vocês, confins da terra; pois eu sou Deus, e não há nenhum outro”. Simples né? Todo o cristão sabe que Deus quer que todos sejam salvos, mas não é isso o que acontece e nem o que o homem deseja. Continuemos.

Deus nos capacita para compreender que, através de todo o seu Amor incondicional, que nos criou de uma forma tão única e singela para adorá-lo, voltemos para Ele mesmo depois de ter a natureza caída no pecado. Mas a Sua justiça não permite que essa vontade seja cumprida, pois Ele respeita cada decisão tomada pelo coração humano.

O exemplo mais claro pra mim é a Revolta da Natureza. Há anos o homem vem destruindo ela tirando mais do que pode dar, subestimando o seu poder de destruição e criação. Vemos então nos jornais desastres, enchentes, chuvas ácidas, terremotos e outras tantas coisas e pensamos “Deus está nos castigando”. NÃO. Deus não está nos castigando! Apenas estamos fazendo a tal da colheita registrada em Gálatas 6:7 “… Pois o que o homem semear, isso também colherá”.

Mas eu nem agredi a natureza e fui atingido pela enchente”. Só pelo fato de tu teres bens de consumo (cama, casa, computador, etc..) tu já se torna um vilão em questão sendo um “fruto” do sistema todo, alimentando essa máquina de fazer ‘coisas’.

Cada um planta a maldade de alguma maneira, mostrando que todo o ato resulta em consequências. Essas consequências NÃO SÃO VONTADES DIVINAS, mas simplesmente consequências. É simples a matemática: O que você faz hoje, você verá o fruto amanhã. Talvez demore dias, meses ou anos, mas terá frutos que podemos considerar como Permissão de Deus.

A Vontade de Deus não é maligna

O arrebatamento de Elias foi Deus que providenciou; foi Deus que mandou o sol parar para Josué; Noé recebeu instruções de Deus para a Arca; o maná no deserto era provisão divina. Mas a destruição de Sodoma e Gomorra e a mulher de Ló virar uma estátua de sal foi consequência da desobediência dessas pessoas para com Deus. Ele apenas permitiu que isso acontecesse.

Podemos ver a Vontade de Deus nos Milagres e nos casos de convergências de situações ruins para boas, como uma mulher estuprada aonde o seu filho, fruto do estupro, é usado por Deus. A Vontade De Deus torna o ruim em bom; a peste em cura; a doença em saúde; a morte em vida. Nós é que complicamos tudo quando fazemos coisas erradas e que, quando vem a consequência, dizemos que é a Vontade de Deus.

Muitos também confundem o Ciclo Natural da Terra com Deus interferindo nas coisas. A morte de alguém próximo, uma pessoa bondosa, não pode ser considerada como vontade de Deus, mas sim o cumprimento de um ciclo da vida. E ainda mais quando ficamos pasmos quando algum cristão fervoroso morre em um assalto. “Mas por que ele meu Deus? POR QUE?” Porque se não fosse ele, seria outra pessoa, outro pecador.  Papa tem a natureza tão pecaminosa quanto Hitler. Se um ou outro morresse em um assalto, de ambos os lados teriam pessoas que sentiram a falta.

Desculpa mas essa é a real. Eu não sei o que é perder algum ente querido de uma forma trágica, mas não se pode culpar Deus por isso, muito menos dizer que era a vontade dEle.

Deus criou um mundo perfeito. Nada é sorte ou acaso. A partir da entrada do pecado tudo o que ocorre agora são consequências das nossas ações. Eu poder dormir e conseguir acordar de manhã não é um Milagre, mas sim uma lógica da vida criada por Deus.

Então cheguei a conclusão de que Deus é um cara muito incompreendido que escreve certo por linhas retas, tentando oferecer aos homens um óculos de leitura.

Fiquem na Paz!                Gustavo Woerner

 

Categorias: Reflexões

Comente pelo Facebook »