Buenas pessoal. Quero convidar vocês para darem uma pausa em tudo o que estão fazendo agora! Se estiverem escutando música, espere a música terminar e depois desliguem! Se estiverem conversando com alguém, terminem a conversa e depois voltem para cá! …..! Pronto? Todos têm a minha atenção? Podemos prosseguir? Beleza!

O que eu quero que vocês façam e pensem agora é em “Prioridades”. O que é mais importante em sua vida? Deus certo?! Beleza! Não foi tão difícil! E em segundo lugar, emprego talvez? Família? Amigos? Dinheiro? O segundo lugar é muito pessoal. E o terceiro? Igreja? Pobres e Necessitados? Ficou difícil né?

Juntamente com essa dificuldade, quero convidar vocês a conferir uma pequena lista de prioridades da minha vida pessoal, como é estabelecida para mim. Aí vai!

1º lugar: Eu e Deus

Meu relacionamento íntimo com Deus é a primeira prioridade. Reservar um tempo diário a sós com o Pai, orando, adorando e lendo Sua palavra, desenvolvendo o relacionamento íntimo da verdadeira adoração, falando com Ele e ouvindo Sua voz, em obediência e amor; refletir a Glória de Cristo, assumindo minha nova natureza, espiritual, vivendo um novo estilo de vida, como um autêntico discípulo de Jesus, transformando meu caráter para ser cada dia mais semelhante a Ele; ser guiado pelo Espírito Santo e não mais pelas minhas vontades, sentimentos e emoções, mas sim, desenvolvendo o fruto do Espírito, revestindo-me de toda armadura espiritual, orando e louvando sem cessar, em novidade de vida.

2º lugar: Eu e minha família

Preciso fazer do meu lar um pequeno céu, influenciando e contagiando meus familiares que moram comigo com a Esperança da Glória que é Cristo habitando dia a dia em mim, refletindo Seu bom perfume através das minhas atitudes, sempre os preferindo em honra, edificando, encorajando e consolando minha família, fazendo de cada um deles discípulos de Jesus, cheios do Espírito Santo e tementes a Deus. É necessário reservar tempo diário para desenvolver relacionamento com meus familiares, demonstrar meu amor por eles e me envolver com as necessidades do meu lar, como despesas, investimentos e qualquer necessidade. Meu objetivo deve ser fazer de cada membro da minha família um ministro (servo e embaixador do Reino de Deus na Terra), da minha casa um templo de adoração e da minha família uma igreja (a noiva de Cristo), intercedendo e amando incondicionalmente cada um deles.

3º lugar: Eu e minha vida profissional

Como embaixadores do Reino de Deus na Terra e ministros do evangelho de Cristo, precisamos refletir Sua glória entre os homens; através de nosso estilo de vida de verdadeiros adoradores e vivermos o que a Bíblia diz, confrontando radicalmente as coisas do mundo e as tentações da carne e do diabo, vencendo o pecado. Quando buscamos a excelência profissional somos reconhecidos entre os homens, e quando a buscamos sem deixar de lado os valores bíblicos que nos conduzem a estatura de varão perfeito, somos reconhecidos por Deus, e tudo o que fizermos é glorificado Nele, de forma que podemos levar muitas vidas à Cristo através de nosso testemunho reto de vida.

4º lugar: Eu e meu ministério

Se em meu coração arde uma paixão por mais e mais intimidade com Deus, e sou capaz de abrir mão da minha própria vontade para cumprir a vontade do Pai na minha família e no meu trabalho, então posso servir a Deus através de um ministério. O objetivo de qualquer ministério no Reino de Cristo deve ser a salvação de almas e o resgate a comunhão com Deus através da verdadeira adoração. Produzir a expansão do Reino de Deus é levar vidas a um verdadeiro encontro com Jesus, formando discípulos. Ministério não tem haver com o aumento de seu ibope, com a realização de seu sonho, ou com a alimentação de seu ego, mas sim com a entrega total de sua vida para viver a vida de Cristo levando as almas perdidas a se encontrarem com Ele e serem transformadas pelo Seu grande Amor. O ministério onde você serve, apenas reflete quem você é no seu relacionamento com Deus, com sua família e com as autoridades que estão acima de você ou trabalhando em sua equipe no seu local de trabalho.

5º lugar: Eu e minha vida de lazer

É impossível viver se você não puder desfrutar de momentos de lazer, compartilhando com amigos, viajando, passeando, praticando esportes, etc… mesmo assim, você não pode se esquecer de que os outros quatro níveis anteriores não são uma máscara que você veste, faz de conta que é o que você não é; ser cristão é viver a vida de Cristo em sua vida real, e isso não somente é possível como Ele mesmo disse que coisas maiores do que Ele fez nós faríamos em Seu poder. Então, enquanto você descansa desfrutando na hora de lazer, reflita a Glória de Cristo em sua atitude, sempre pregando o evangelho a todos, causando sede e fome de Deus em cada coração.

“Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR. O SENHOR te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida. E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.” Salmos 128

Agradeço ao Missionário Marcos Scheidt pela conversa deste final de semana! Um assunto fez com que eu pensasse em outros! #TamoJunto (:

Fiquem na Paz! Gustavo Woerner – #EstudosCristãos

Categorias: Reflexões, Testemunhos

Comente pelo Facebook »