Você não gosta do seu carro? Compre outro. Não está feliz em sua casa? Troque-a. Seus hobbies não o satisfazem mais? Mude-os. Graças à era moderna e à revolução industrial podemos, assim fácil, adquirir bens de consumo.

A pós-modernidade estendeu essa facilidade de compra, venda e troca para o campo da religião, moralidade e relacionamentos: não gosta de seu deus? Troque-o. Cansado de sua mulher? Arranje outra. Não importa a moralidade ou o deus que escolher, sempre haverá religiões, sacerdotes, templos e manuais de moralidade para sua escolha.

Jesus advertiu-nos que haveria grande comércio de almas antes de Sua volta. Bem..um dia a Babilônia cai.

Guilherme Adriano

Categorias: Reflexões

Comente pelo Facebook »