Uma dificuldade bem conhecida por todos são os problemas. Independente de quais, sempre são problemas: pode ser falta de dinheiro, de paz, excesso de impaciência, incredulidade, inverdades, descompromissos e vaidade. Diferentes pessoas, diferentes problemas.

Todos tem dificuldades e angustias em sua vida. Eu sou um deles. Meus problemas não são financeiros, mas são sociais. Meus problemas não são dúvidas da minha fé e de minha crença, mas sobre se o que eu faço é mesmo obra divina ou peregrinação religiosa. A solução que remedia tudo isso está nas escrituras: “Tribulação e angústia me atingiram, mas os teus mandamentos são o meu prazer.” Salmos 119:143

O maior erro do crente é pensar que Deus nos livra do problema. Pelo contrário: Deus em Sua Palavra nos mostra os nossos erros, e nisso nos faz um ser melhor. Esse aperfeiçoamento é que, muitas vezes, causa tribulação e problemas. Combate entre carne e alma e quem perde é a mais fraca, mas ambas sofrem.

A felicidade que dizem para encontrarmos no meio da tribulação não é algo hipócrita! Alegria não pode ser encontrada na morte de alguém. A alegria não está nos problemas cotidianos. A calmaria não está no meio do choro. Ela está em Deus, em Cristo e em suas palavras. É no meio de tudo isso que encontramos o que precisamos para nos acalmar, aquietar e lembrar que Ele é maior.

Uma pregação que me falou muito foi a do Zé Bruno, vocalista da Banda Resgate. Vai aí em baixo:

Alegria na Tribulação – Zé Bruno

Fiquem na Paz!                                                                 @GustavoWoerner

Categorias: Reflexões

Comente pelo Facebook »